Aconteceu na noite desta quarta-feira (3) a sétima edição da Feira de Iniciação Científica e Extensão (FICE) do Instituto Federal Catarinense (IFC) Campus Camboriú. De acordo com a coordenadora do evento, professora Sanir da Conceição, dos cerca de 100 trabalhos submetidos, 52 foram selecionados para participar da programação.

“A FICE atua na iniciação científica, tanto com pesquisa quanto extensão e, desde o ano passado, também com projetos de ensino”, relata. Segundo a professora, em 2016 o evento foi dividido em duas partes (comunicação oral e pôster) para atender à demanda.

Diversas áreas do conhecimento foram contempladas pela feira, como engenharias, ciências da saúde, ciências sociais aplicadas, entre outras. Do IFC Camboriú, o aluno Lucas Maso, do curso de Sistemas de Informação, apresentou uma proposta para melhorar a gestão dos Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs) da instituição. “O projeto inclui fluxos das documentações, tanto do acompanhamento quanto da orientação do projeto. A ideia é também facilitar a comunicação entre o professor orientador e o aluno. Para isso, desenvolvemos um sistema de informação web”, conta o acadêmico.

Elaine Cristina Fuckelaine e colega_REDs dos Reis, acadêmica de Licenciatura em Matemática também do IFC Camboriú, apresentou um projeto que oportuniza reflexões com os professores de matemática de escolas da região. “Nós nos reunimos e discutimos métodos e metodologias para o ensino dentro dessas instituições. Um dos debates principais, por exemplo, são as diferentes formas de se passar determinado tipo de conteúdo”, explica. “Os encontros são quinzenais e procuramos discutir dificuldades que os alunos têm em aprender”.

De acordo com Elaine, são muitos os desafios para o professor de matemática nos dias de hoje. “Um deles é que a matemática está presente desde o 1º ano do Ensino Fundamental, porém o licenciado em matemática só vai atuar a partir do 5º ano. Isso faz com que o aluno já venha defasado e mal sabendo fazer as operações básicas”, relata.

luiz_REDDo IFC Campus Luzerna, Luiz Guilherme Meneses dos Santos, aluno de Engenharia de Controle e Automação, era só elogios tanto para a FICE quanto para o Seminário de Extensão Universitária da Região Sul (Seurs), que acontece também nesta semana em Camboriú. “Os dois eventos estão nos proporcionando a integração de vários conhecimentos entre os mais diversos trabalhos de iniciação científica, não só da engenharia mas também química, matemática, estatística, etc”, fala o aluno. “Esta convivência está sendo muito legal pois agrega muito à nossa formação”. Luiz apresentou o desenvolvimento de um autoamostrador para Flow Injection Analysis (FIA). “É a primeira vez que apresento este trabalho, que é um projeto de pesquisa do IFC em parceria com a Fapesc.”

Diânefer Maraisa Datsch, aluna de Engenharia Mecânica, também elogiou os eventos. “É a primeira oportunidade em que participo de algo assim tão grande. Assisti algumas apresentações orais de professores e gostei bastante”, completa.

Texto e fotos: Wagner Lenhardt
Cecom/Seurs